segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Tempo, tempo tempo...

Hoje resolvi falar de saudade... Não de qualquer saudade, mas de uma saudade que eu já previa, que começou a ser construída a cinco anos atras e chega a seu ápice no final desse ano... Saudade de cada dia, saudade da rotina, saudade de cada amigo que vai trilhando seu caminho ai, nessa nova jornada chamada VIDA PROFISSIONAL...

Quando entrei na faculdade, minha vida era planejada por ano, sim, ano, comprava uma agenda e dava inicio a tudo que ia me lembrando que iria acontecer ao longo de 365 dias, os aniversários, os feriados, alguns compromissos que se repetiam todo ano... Mas com o tempo, percebi que tudo ali funcionava por semestre, seis longos meses, e então tudo começou a ficar mais corrido, o tempo era curto, as horas corriam, os dias então nem se fale... E assim se passaram oito longos semestres... Nesse período, amizades foram conquistadas, experiencias foram vividas, lições aprendidas, e uma vida ia foi sendo vivida... 

Enfim, o penúltimo período chegou, e resolvi me planejar em "pedaços", em dias, 30 dias mais exatamente, menos corrido, ao meu ver que 6 longo meses, parece estranho, mas o relógio de cada um nesse processo de desapego corre em um ritmo...

Hoje na reta final, último período, o mais esperado e o mais temido por cada um de nos finalmente chegou, e percebo que sem querer me planejo por semanas, uma de cada vez, sem olhar os meses, sete dias completinhos... O primeiro ciclo enfim chega ao fim, trazendo na bagagem dor, felicidade, angustia, sorrisos, e muitos, muitos amigos, alguns para uma vida toda e para outro ciclos, outros não, mas a certeza de que cada um em sua essência teve sua importante para a construção da profissional que sou e serei.

Professores passam para o lado de cá, e passam a caminhar lado a lado, e serão os eternos mestres amigos, metres companheiros, mas eternamente MESTRES. 

Enfim, hoje acordei com saudade do que ainda não acabou, da rotina que me enlouquece, das conversas ao pé da escada, de ouvir alguns "AMIGA!!!!", "FLORZINHA", "COMPANHEIRA", "MINHA PSICOLOGA",  e um "LILI" pelo meio do caminho, saudades das provas (dessas não muito rsrsrsr), saudade do telefone que não para de tocar, e ate daqueles telefonemas que nunca são atendidos, por essas e outras conto semanas, por isso valorizo tanto os sete dias, para passar devagarinho e a saudade ser sentida de mansinho e o desapego ser suave...

OBRIGADA DE MONTÃO...